O feminismo é o novo normal. Veio para ficar.
O #FestivalAEQSE terá sua primeira edição no dia 12 de agosto, das 10h às 20h, no Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré), em São Paulo. Juntas vamos mapear estruturas, propor perguntas e potencializar conexões.
O #FestivalAEQSE é gratuito e realizado pelo Coletivo #AgoraÉQueSãoElas.
Lugar de Fala é um espaço para novas ideias, vozes e mulheres mostrarem o que tem a dizer! O que você quer falar para as pessoas presentes no #FestivalAEQSE? Inscreva uma proposta de até 6 minutos. As cinco melhores apresentações selecionadas também serão publicadas no blog Agora É Que São Elas, da Folha de São Paulo.
Os poemas também serão uma reflexão sobre a condição atual da mulher na sociedade contemporânea. Nos intervalos do espaço lugar de fala, teremos apresentações de jovens poetas com leituras públicas. Já estão confirmadas:
Fernanda Morse + Natasha Felix + Alice Sant'anna + Sofia Mariutti + Júlia de Souza + Natália Agra + Bruna Beber + Júlia de Carvalho Hansen + Lubi Prates + Maíra Mendes Galvão
Apresentamos um projeto de exposição com a presença de oito artistas brasileiras que representam esse novo momento da nossa história da arte. Entre elas: Aline Besouro, Anitta Boa Vida, Caroline Valansi, Cibelle Cavalli Bastos, Luisa Brandelli, Marcela Cantuária, Rosa Luz e Virginia de Medeiros possuem, cada uma ao seu modo, obras que dialogam de maneira crítica com a condição da mulher no mundo contemporâneo, alargando as fronteiras da questão de gênero, pousando um olhar questionador diante de um tecido social ainda extremamente machista, inserindo, assim, a potência disruptiva da arte em um debate fundamental da nossa época.
Curadoria: Luisa Duarte e Pollyana Quintella
Uma seleção dos melhores curtas do canal HYSTERIA todos dirigidos por mulher.
11 filmes de diversos estilos e estados do Brasil:
Antonieta, por Flávia Person; A boneca e o silêncio por Carol Rodrigues; Em defesa da família por Daniella Cronemberger; No devagar depressa do tempo por Eliza Campai; O Quebra Cabeça de Tarik por Maria Leite; Borshot por Marina Quintanilha e Julia Bock; Das raízes as pontas por Flora Egécia Oliveira Morais; Edificio Tatuape Mahal por Carolina Markowicz e Fernanda Salloum; Sociedade do Cloro por Ana Bárbara Ramos; A cidade por Liliana; FotogrAfica por Tila.
*O festival é gratuito. A pré inscrição para as oficinas já esgotou, mas havendo disponibilidade parte dos lugares será preenchida com o público presente que não se inscreveu, por ordem de chegada. Todos os outros conteúdos (shows, exposição, mostra de filmes, lugar de fala, poesia...) possuem acesso livre. Venha passar o dia no #FestivalAEQSE!
O mundo tem hoje mais de 1 bilhão de meninas. Elas representam uma fonte de poder, energia e criatividade. Quais são os desafios específicos enfrentado por esse grupo? Como podemos pensar soluções que otimizem todo o potencial das meninas? Essa oficina-vivência é um convite para pensarmos o espaço de um grupo que ora se vê encaixado nas teorias e práticas sobre a mulher, ora é tratado como uma extensão da infância.
A atividade será conduzida por Letícia Bahia, representante do Girl Up no Brasil, iniciativa no país do movimento global da Fundação das Nações Unidas que engaja meninas para que liderem a luta pela igualdade de gênero.
A cada dia aumenta o número de mulheres que moram sozinhas no Brasil. Junto com esse número, aumenta também a quantidade delas que adotam hobbies e outras atividades que antes eram consideradas majoritariamente “masculinas”, tais como marcenaria e pequenas reformas residenciais. Motivado não apenas por hobby ou prazer, esse movimento é impulsionado também por necessidades práticas ou financeiras.
A oficina prática é dada pelo Agiliza Lab. Nela, vamos te ensinar dicas básicas de segurança, como furar corretamente, que brocas e buchas usar e muito mais, porque furadeira minha gente, é o símbolo máximo da autonomia no mundo do faça você mesma!
Mary Beard é uma das intelectuais mais populares do Reino Unido. Em "Mulheres e poder: um manifesto", seu livro da Editora Planeta, a pesquisadora utiliza seu vasto conhecimento no mundo antigo para contextualizar um dos debates mais importantes do momento: o silenciamento feminino.
Ao traçar as raízes da misoginia em Atenas e Roma, a pesquisadora produziu um verdadeiro manifesto feminista e demonstra como o tema ainda ecoa nos dias atuais.
Inscreva-se para participar de sua MasterClass no #FestivalAEQSE, às 17h.
*O festival é gratuito. A pré inscrição para as mesas de debate já esgotou, mas havendo disponibilidade parte dos lugares será preenchida com o público presente que não se inscreveu, por ordem de chegada. Todos os outros conteúdos (shows, exposição, mostra de filmes, lugar de fala, poesia...) possuem acesso livre. Venha passar o dia no #FestivalAEQSE!
Como se formou a estrutura patriarcal no Brasil.
Heloisa Buarque de Hollanda
escritora e editora
Juliana Borges
pesquisadora e ativista
Mediação: Antonia Pellegrino
(#AEQSE)
O grande desafio dos feminismos do séculos XXI: a disputa de poder
Djamila Ribeiro
filósofa e ativista
Raquel Preto
advogada e ativista, líder do grupo Mulheres do Brasil
Mediação: Ana Carolina Evangelista
(#AEQSE)
Janela de oportunidade ou meritocracia?
Suzana Ayarza
Google
Daniela Cachich
Pepsico
Mafoane Odara
Instituto Avon
Mediação: Alessandra Orofino
(#AEQSE)
Lutas identitárias são lutas humanitárias: como alargar nosso sentido de
humanidade?
Amara Moira
doutora em letras e transfeminista
Eliana Sousa
Redes da maré
Mediação: Manoela Miklos
(#AEQSE)
O terraço do UNIBES se tornará em um espaço de convivência, troca e também de música. Quem já está confirmada por lá:
Ficha técnica
Realização: Antonia Pellegrino - #AEQSE
Produção: Joana Braga - D+ Projetos
Comunicação e Marketing: Aline Andrade
Arte e Estratégia: FlagCx
Curadorias
Palestra & Ciclo de Debate: Antonia Pellegrino
Exposição: Luisa Duarte & Pollyana Quintella
Mostra de Cinema: Hysteria
Lugar de Fala: #AEQSE
Música: Anna Penteado (Festival Vento) + Monique Evelle
MC
Palestra & Ciclo de Mesas: Antonia Pelegrino
Lugar de Fala: Monique Evelle
Mostra de Cinema: Isabel de Luca & Isabela Mota
Contato: festival@aeqse.org.br